Deficiente visual ganha indenização por ser obrigada a pagar passagem

Marcelo Moreira

19 de janeiro de 2010 | 22h03

A 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a Viação Pendotiba a pagar R$ 5 mil de indenização, por danos morais, a uma deficiente visual depois de obrigá-la a pagar passagem em um de seus coletivos. A legislação do Rio garante isenção a isenção da tarifa do transporte aos deficientes físicos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.