Cuidado com falso alerta de Tribunal

Marcelo Moreira

18 de junho de 2009 | 18h50

Consumidores que receberem correspondência em nome do Tribunal de Justiça de São Paulo devem procurar o cartório que a emitiu para confirmar se as informações ali escritas são verdadeiras.

O alerta é do próprio Tribunal, que constatou a ocorrência de fraudes envolvendo o nome da instituição.

As vítimas do golpe estão recebendo pelo correio uma notificação supostamente enviada pelo Setor de Cartas Precatórias Cíveis com um número de telefone para contato acompanhado de um número de protocolo inexistente, ou seja, falso.

As cartas têm timbre do Tribunal, são assinadas por um falso administrador judicial da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais e dizem que a vítima seria beneficiada com um crédito referente a uma indenização contra uma determinada empresa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.