Corte indevido de linha telefônica rende indenização

Marcelo Moreira

24 de dezembro de 2009 | 16h20

A Telemar terá que pagar R$ 7 mil em indenização à Ótica Pinheiro por cortar ilegalmente, durante 33 dias, linha telefônica comercial da empresa. O juiz de 1º grau, antes, condenou a concessionária a pagar apenas dois salários mínimos e meio por dia de paralisação da linha. A decisão é do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.