Corpo trocado em hospital rende indenização

A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a Associação Hospitalar Moinhos de Vento a pagar indenização de R$ 15 mil por danos morais a familiares de paciente falecida, que teve corpo trocado na instituição. A troca de corpos somente foi constatada após a chegada do cadáver ao crematório.

Marcelo Moreira

09 de junho de 2010 | 14h40

A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a Associação Hospitalar Moinhos de Vento a pagar indenização de R$ 15 mil por danos morais a familiares de paciente falecida, que teve corpo trocado na instituição. A troca de corpos somente foi constatada após a chegada do cadáver ao crematório.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: