Corpo estranho dentro do refrigerante

Um consumidor de Divinópolis (MG) será indenizado pela Refrigerantes Minas Gerais Ltda, fábrica engarrafadora do Sistema Coca-Cola, e receberá R$ 9.300 por ter encontrado um corpo estranho imerso em um vasilhame da bebida

Marcelo Moreira

26 de junho de 2010 | 22h17

Um consumidor de Divinópolis (MG) será indenizado pela Refrigerantes Minas Gerais Ltda, fábrica engarrafadora do Sistema Coca-Cola, e receberá R$ 9.300 por ter encontrado um corpo estranho imerso em um vasilhame da bebida. A decisão é da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Minas Gerais (TJ–MG).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: