Concessionária de energia é condenada por cortar luz indevidamente

Marcelo Moreira

20 de julho de 2009 | 19h42

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a Ampla, concessionária de energia elétrica, a pagar R$ 19 mil de indenização a uma cliente, por danos morais. A condenação é por ter interrompido injustamente o fornecimento de energia de sua casa pelo período de quase um ano sem prévia notificação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.