Cobrança irregular rende indenização

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) condenou as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) a indenizar (por danos morais) uma consumidora que teve o fornecimento de energia suspenso por suposta falta de pagamento, alegada pela empresa

Marcelo Moreira

01 de novembro de 2010 | 16h50

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) condenou as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) a indenizar (por danos morais) uma consumidora que teve o fornecimento de energia suspenso por suposta falta de pagamento, alegada pela empresa. Porém, foi comprovado que a fatura já havia sido quitada.

Tudo o que sabemos sobre:

Celescindenização

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.