Cobrança indevida rende indenização

Marcelo Moreira

23 de novembro de 2011 | 16h12

Vivo terá de pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais por enviar mensagens eróticas. Depois de comprar dois aparelhos na loja da operadora, a cliente A.C. M. e seu filho menor de idade passaram a receber as mensagens tarifadas. A consumidora tentou cancelar o serviço, mas só conseguiu quando recorreu à Justiça.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãoVivo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.