Cobrança indevida rende indenização

A 1ª Turma Recursal Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) condenou companhia aérea a indenizar passageira por danos materiais e morais. A vítima tentou comprar passagem aérea pela internet, mas a venda não foi concretizada

Marcelo Moreira

20 de agosto de 2010 | 01h46

A 1ª Turma Recursal Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) condenou companhia aérea a indenizar passageira por danos materiais e morais. A vítima tentou comprar passagem aérea pela internet, mas a venda não foi concretizada. Apesar disso, a cobrança da passagem foi efetuada pela operadora.

Tudo o que sabemos sobre:

indenização

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.