Cobrança indevida de taxa de carnê rende indenização

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou as Lojas Quero Quero a indenizar em R$ 5.100, por danos morais, um consumidor que se recusou a pagar a taxa de emissão de carnê no valor de R$ 1,98. O cliente quitou apenas os valores correspondentes à compra e a loja passou a cobrar juros e encargos dele

Marcelo Moreira

25 de outubro de 2010 | 13h00

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou as Lojas Quero Quero a indenizar em R$ 5.100, por danos morais, um consumidor que se recusou a pagar a taxa de emissão de carnê no valor de  R$ 1,98. O cliente quitou apenas os valores correspondentes à compra e a loja passou a cobrar juros e encargos dele.

Tudo o que sabemos sobre:

indenizaçãotaxa de carnê

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.