Clonagem de celular rende indenização

A Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) manteve sentença que condenou a Brasil Telecom a pagar indenização (por danos morais) a um cliente que teve a linha do telefone celular clonada e, em seguida, o chip do aparelho bloqueado. O valor da indenização a ser paga ao cliente é de R$ 10 mil.

Marcelo Moreira

17 de junho de 2010 | 14h32

A Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) manteve sentença que condenou a Brasil Telecom a pagar indenização (por danos morais) a um cliente que teve a linha do telefone celular clonada e, em seguida, o chip do aparelho bloqueado. O valor da indenização a ser paga ao cliente é de R$ 10 mil.

Tudo o que sabemos sobre:

Brasil Telecomcelularlonagem

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.