Clínica de estética é condenada por lipoescultura malfeita

Marcelo Moreira

25 de março de 2010 | 22h40

O Tribunal de Justiça do Rio, por unanimidade de votos, negou provimento ao recurso da clínica Esteticplan Cirurgia Plástica Programada e a condenou a indenizar uma paciente, vítima de lipoescultura mal realizada. A clínica terá de pagar R$ 3 mil pelos danos morais e R$ 5.359 por danos materiais a cliente.