Cliente que não conseguiu entrar em banco por causa de porta giratória ganha indenização

Marcelo Moreira

21 de agosto de 2009 | 23h29

O Banco Itaú terá que pagar R$ 3 mil de indenização por dano moral a um cliente que não pôde entrar em uma agência devido ao travamento da porta giratória detectora de metais – mesmo após retirar seus objetos pessoais. A decisão é da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Tendências: