Cliente ganha indenização por perder voo por conta da enorme fila de check-in

Marcelo Moreira

05 de abril de 2010 | 20h02

Passageiro que chega a tempo de realizar check-in, mas perde o embarque em razão da fila para efetuar o procedimento, deve ser indenizado. O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul confirmou a decisão e condenou a TAM a indenizar R$ 2 mil por danos morais e R$ 543,04 por danos materiais a um casal que teve o problema.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.