Cliente ganha indenização por não conseguir usar serviços médicos

Marcelo Moreira

18 de dezembro de 2008 | 00h54

A 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do DF condenou a Unimed (Confederação Centro-Oeste Tocantins) e a Associação dos Servidores da Fundação Hospitalar do Distrito Federal a pagar R$13.800 a uma associada. Ela não conseguiu utilizar o serviço contratado, apesar de estar com suas mensalidades em dia.