Celular substitui cartão para saques no BB

Marcelo Moreira

05 de março de 2010 | 17h02

LUCIELE VELLUTO- JORNAL DA TARDE

Os clientes do Banco do Brasil poderão sacar dinheiro nos caixas de autoatendimento sem utilizar o cartão da conta bancária. A partir de segunda-feira, a instituição vai oferecer o ‘Saque Sem’, modalidade que vai permitir fazer o saque utilizando mensagens de texto (SMS) do celular do correntista.

Para utilizar o novo recurso, o cliente precisa ter aderido ao serviço de SMS (R$ 2,50 por mês, sem limite de mensagens), que já garante mensagens avisando toda vez que há uma movimentação na conta ou compra com cartão de crédito. E também precisa aderir ao novo tipo de saque em um caixa de autoatendimento.

Para fazer a retirada do dinheiro utilizando o celular, o usuário terá de mandar um SMS para o número 4004-0001 coma a mensagem ‘SS’, e ele vai receber um código para acessar a operação no caixa eletrônico.

A senha tem validade de um dia. Mesmo assim ele terá de fornecer a senha de segurança já utilizada para fazer o saque via cartão do banco, o que mantém o serviço seguro, de acordo com o BB.

O saque é limitado a R$ 100 por dia, e o custo é igual do saque normal, com valor de R$ 1,40 após a quarta retirada. “É uma solução de conveniência para o cliente em caso de roubo, perda ou até não querer andar com o cartão”, explica Hideraldo Leitão, diretor da Unidade de Gestão de Canais do Banco do Brasil.

  Outra possibilidade que o serviço vai permitir é enviar dinheiro para que outra pessoa possa fazer o saque em um caixa de autoatendimento.

O dono da conta poderá fazer a opção via internet banking para que a pessoa que ele deseja receba um mensagem SMS com um código para que ela faça a retirada em qualquer agência do BB. Como o saque já foi autorizado via internet, quem recebeu a mensagem pelo celular não precisa fornecer a senha da conta bancária. “Isso permite que se pague uma diarista, por exemplo, ou mande dinheiro para o filho em caso de necessidade”, diz Leitão.

O diretor conta que os novos serviços foram sugeridos pelos clientes. Ele ainda acredita que o próximo passo do uso do celular será o pagamento de serviços e compras de produtos.

Tendências: