Cadastro positivo: ercado espera que juros caiam para os bons pagadores

Marcelo Moreira

11 de junho de 2011 | 16h35

Luciele Velluto

A expectativa de empresas de análise de crédito, financeiras, bancos e dos consumidores é que os bons pagadores tenham melhores condições de crédito, como juros menores, mais prazo de pagamento e redução de tarifas relacionadas ao crédito.

Para o presidente da empresa de análise de crédito Serasa Experian, Ricardo Loureiro, os efeitos do cadastro no crédito e nos indicadores de inadimplência devem começar a aparecer em seis meses a um ano. Já a Boa Vista acredita que o tempo para que juros e demais condições para financiamento sejam influenciados pela lista é de dois anos, quando houver um grande volume de dados.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: