Bom serviço: você paga e o bandido usa

crespoangela

11 Abril 2007 | 19h58

Coluna de Josué Rios, publicada em 10/4

O que você acha de pagar preços exorbitantes por uma linha telefônica e ter de compartilhá-la com bandidos que habitam as prisões do Estado? O telefone residencial sempre foi sinônimo de privacidade para o assinante, o que constitui, aliás, uma garantia constitucional do cidadão. Logo, a violação da linha não é assunto para ser tratado somente como mais um defeito banal da prestação de serviço, inclusive porque o ilícito põe em risco a segurança e a vida do consumidor.