Bloqueio indevido de celular rende indenização

Marcelo Moreira

25 de março de 2011 | 17h43

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a Vivo a indenizar um cliente que ficou com o celular bloqueado por um mês. Cliente há seis anos da operadora, o consumidor mudou do plano pré para o pós-pago, mas depois quis retornar ao antigo contrato. Porém, o telefone não funcionou mais. Ele receberá R$ 5.100.

Mais conteúdo sobre:

celulartelefones celularesVivo