Bicicletas infantis reprovadas

sauloluz

06 de outubro de 2009 | 14h34

SAULO LUZ – JORNAL DA TARDE

Se a intenção é comprar uma bicicleta para dar de presente no Dia da Criança, é preciso atenção. A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste) realizou um teste de segurança e nenhum dos seis modelos avaliados (para crianças entre 6 e 8 anos) foi aprovado.
Foram testadas as bicicletas Caloi Liga da Justiça, Houston Nic, Bandeirante Batman, Hercules High School Music, Sundown TNT Boy e Track & Bike Dino. As falhas encontradas foram muitas e variadas e em todos os
modelos testados.

“Em todas as bicicletas, as rodinhas amassaram e se deformaram quando foi simulado o uso em situações corriqueiras, prejudicando o equilíbrio. Para diminuir os riscos, é aconselhável ensinar a criança a andar sem as rodinhas o quanto antes”, explica Dino Lameira, pesquisador da Pro Teste. Sem as rodinhas, duas opções foram consideradas aceitáveis: Caloi Liga da Justiça e Houston Nic.

Outro problema é que nenhuma das bicicletas traz travas em todos os parafusos usados nos ajustes principais. “Assim, se os parafusos não estiverem devidamente apertados, podem se soltar e colocar a criança em risco”, diz. Além disso, só os modelos da Bandeirante e Caloi possuíam proteção que cobria as correntes totalmente. Já os cabos de freio das bicicletas Track & Bike, Hercules e Bandeirante estavam sem Proteção, podendo machucar a criança.

Teste de fadiga
Nos testes de simulação de fadiga – onde com um peso equivalente a uma criança de 30 kg foram efetuadas 100 mil voltas no pedal (uso aproximado para 230 km ou 500 metros por dia, durante 15 meses) – apenas Caloi e Houston apresentaram bons resultados.

Caloi e Track & Bikes afirmam que estão estudando os testes realizados. A Caloi lembra que o produto analisado já não faz parte do catálogo da empresa.

A Sundown Bikes questiona os métodos usados pela ProTeste, pois nos testes realizados pela empresa nunca foram apresentados os desgastes como os apontados por esta avaliação. A empresa se compromete em verificar cuidadosamente o ocorrido, porém credita o desgaste das peças a uma montagem inadequada do produto.

PARA UMA BOA ESCOLHA

  • Leve a criança junto para experimentar a bicicleta e veja se ela se adapta bem ao modelo escolhido
  • A postura adequada é que a criança não fique reta e nem muito curvada. Ao pedalar, veja se os joelhos estão afastados do guidão
  • Prefira modelos com assento e guidão reguláveis e pneus estreitos com uma faixa central lisa. Não se esqueça do capacete, das joelheiras e cotoveleiras
  • Não compre bicicletas que não tenham o selo obrigatório do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro)
  • Comentários

    Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.