Banco é condenado por manutenção indevida de nome em cadastro de inadimplentes

Marcelo Moreira

06 de janeiro de 2010 | 21h28

O Tribunal de Justiça do Ceará condenou o Banco Panamericano a pagar indenização de R$6 mil, por danos morais, a uma cliente. O Banco incluiu seu nome na lista do Serasa, por causa de algumas contas em aberto. Mas, após o pagamento da dívida, o nome da cliente continuou comprometido, e a prejudicou financeiramente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: