Banco é condenado por impingir empréstimo não solicitado a cliente

Marcelo Moreira

03 de julho de 2009 | 22h11

A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) condenou o Banco BMG a pagar R$ 10 mil de indenização, a título de dano moral, por depósito indevido de empréstimo na conta de cliente.

Em outubro de 2007, a cliente se deparou com um depósito, no valor de
R$ 2.447,87, feito pelo banco réu na sua conta corrente e foi informada de que se tratava de um empréstimo, cuja quitação se faria através de descontos em folha de pagamento. A autora da ação alega que jamais contratou tal empréstimo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.