Banco é condenado por dívida indevida

O Banco Fininvest foi condenado a pagar indenização, a título de danos morais, no valor de R$ 9.300 a uma consumidora por ter mantido o seu nome no cadastro de inadimplentes, mesmo após ela ter quitado uma dívida

Marcelo Moreira

26 de junho de 2010 | 17h13

O Banco Fininvest foi condenado a pagar indenização, a título de danos morais, no valor de R$ 9.300 a uma consumidora por ter mantido o seu nome no cadastro de inadimplentes, mesmo após ela ter quitado uma dívida. A decisão foi da desembargadora Célia Maria Vidal Meliga Pessoa, da 18ª Câmara Cível do TJ do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:

cobrança indevidaFininvest

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: