Banco é condenado por creditar valor errado em conta de cliente

Marcelo Moreira

15 de abril de 2010 | 00h33

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou o Banco Bradesco a indenizar uma cliente em R$ 5.100, por danos morais, e R$ 1.980, por danos materiais. A consumidora depositou R$ 2.180 em sua conta, mas foi creditado pelo banco apenas R$ 200. Com isso, vários dos cheques emitidos por ela foram devolvidos.

Tudo o que sabemos sobre:

Bradesco

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.