Banco é condenado por cobrar serviço não solicitado de cliente

Marcelo Moreira

05 de agosto de 2009 | 18h40

O Bradesco foi condenado a pagar indenização de R$ 7,2 mil por cobrar título de capitalização sem autorização de correntista. O cliente diz que recebeu a cobrança e, ao questioná-la, deveria ir à agência, mas não seria ressarcido pelo prejuízo. A decisão é do 1º Juizado Especial Cível de Brasília, mas ainda cabe recurso do banco.

Tendências: