Banco é condenado por cobrança indevida

O juiz da 14ª Vara Cível de Belo Horizonte, Estevão Lucchesi de Carvalho, condenou o Unibanco a indenizar um ex-cliente em R$ 5 mil. Segundo o entendimento do magistrado, o banco falhou ao negativar o nome do ex-cliente por causa de cobranças sobre a conta-salário, que a vítima alegava já ter encerrado

Marcelo Moreira

13 Julho 2010 | 12h23

O juiz da 14ª Vara Cível de Belo Horizonte, Estevão Lucchesi de Carvalho, condenou o Unibanco a indenizar um ex-cliente em R$ 5 mil. Segundo o entendimento do magistrado, o banco falhou ao negativar o nome do ex-cliente por causa de cobranças sobre a conta-salário, que a vítima alegava já ter encerrado.

Mais conteúdo sobre:

cobrançaconta correnteUnibanco