Banco é condenado por cheques clonados

A 2ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DFT) condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 6 mil de indenização por danos morais a um cliente. A vítima teve diversos cheques clonados e inúmeros aborrecimentos decorrentes da fraude. A decisão foi unânime e não cabe mais recurso.

Marcelo Moreira

15 de outubro de 2010 | 13h00

A 2ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DFT) condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 6 mil de indenização por danos morais a um cliente. A vítima teve diversos cheques clonados e inúmeros
aborrecimentos decorrentes da fraude. A decisão foi unânime e não cabe mais recurso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: