Banco é condenado pode demorar a liberar documento de carro quitado

Marcelo Moreira

19 de abril de 2010 | 22h58

O Banco Santander S/A foi condenado a pagar R$ 23.250 de indenização por danos morais a um cliente. A condenação é por demorar cerca de cinco anos (após a quitação do contrato) para liberar os documentos de veículo financiado junto à instituição. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.