Banco é condenado a indenizar cliente que ficou em fila

Marcelo Moreira

19 de maio de 2009 | 00h35

O Banco Real foi condenado a pagar R$ 500 de danos morais a um cliente devido à demora no atendimento. O consumidor ficou cerca de uma hora e 20 minutos na fila da agência – quatro vezes mais tempo que o permitido por lei. A decisão da 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Rio de Janeiro foi unânime.