Banco do Brasil é condenado por sumiço de jóias em cofre

Marcelo Moreira

07 de novembro de 2008 | 18h52

O Banco do Brasil foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro a pagar indenização de R$ 12 mil por danos morais a uma cliente que teve várias jóias roubadas em um cofre de agência do banco. Segundo a decisão, houve falha na prestação de serviço, que necessita de um sistema rígido de proteção.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.