Avimed: clientes ganham novo prazo para optar por outros planos

Marcelo Moreira

26 de maio de 2009 | 23h50

ELENI TRINDADE – JORNAL DA TARDE

Os conveniados da Avimed terão mais tempo para decidir se migrarão ou não para os planos de saúde Itálica e Ana Costa: até 19 junho.

As duas operadoras preencheram os requisitos da oferta pública da carteira feita pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Até então, o prazo acabava no final de maio.

Em comunicado, o órgão regulador destaca que além do prazo mínimo de 15 dias, serão dados mais 15 dias de prorrogação para que os conveniados da Avimed assinem novos contratos, portanto, os beneficiários terão, ao todo, 30 dias para decidir.

Inicialmente, os planos de saúde manterão as mensalidades cobradas pela Avimed pelo prazo de 14 meses (Itálica) e 12 meses (Ana Costa).

A ANS informa que as empresas foram alertadas para a melhoria operacional que precisarão fazer para atender novos clientes e que vai fiscalizar esse investimento.

Os problemas com a Avimed começaram no ano passado, devido aos problemas financeiros da empresa e também às dificuldades em oferecer o tratamento necessário aos conveniados.

Na primeira análise feita pela ANS sobre as empresas que poderiam ficar com a carteira de clientes da Avimed, a Itálica acabou sendo vetada, mas conseguiu reunir condições para se candidatar novamente neste mês de maio.