Aluno é indenizado por cancelamento de curso

Marcelo Moreira

06 de janeiro de 2010 | 21h46

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou o Centro Integrado de Preparação do Estudante (Cipel) e a Faculdade de Tecnologia Internacional (Fatec) a indenizar em R$ 2.595 um aluno que teve o curso cancelado, por sua turma estar lotada. Ele foi constrangido por ser retirado da sala no meio da aula.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.