Alimento vencido: restaurantes também na mira

Os casos de venda de alimentos fora do prazo de validade não se restringem unicamente a redes de supermercado na cidade de São Paulo. Restaurantes de fast-food e até churrascarias estão na mira dos órgãos de saúde pública, polícia civil e de entidades de defesa do consumidor

Marcelo Moreira

12 de novembro de 2010 | 13h15

Gisele Tamamar

Os casos de venda de alimentos fora do prazo de validade não se restringem unicamente a redes de supermercado na cidade de São Paulo. Restaurantes de fast-food e até churrascarias estão na mira dos órgãos de saúde pública, polícia civil e de entidades de defesa do consumidor.

Em março deste ano, policiais civis da Delegacia de Saúde Pública do Estado apreenderam alimentos com prazo de validade vencido em uma churrascaria localizada no bairro da Água Branca, zona oeste da capital.

Após denúncia foram localizadas frangos estragados, temperos, presunto, além de garrafas de vinho. Em maio foi a vez de uma rede fast-food que estava com carne para hambúrguer vencida em uma unidade no bairro do Jabaquara, na zona sul da cidade.

Também em maio a Vigilância Sanitária municipal de São Paulo autuou dois supermercados que vendiam produtos cuja validade já havia expirado ou em condições inadequadas.

O primeiro foi o Pão de Açúcar da Praça Panamericana, na zona oeste, e o outro foi o Carrefour do Shopping Eldorado. Os fiscais foram ao local após receberem denúncias de consumidores.

Tudo o que sabemos sobre:

CarrefourPão de AçúcarProcon

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.