Agressão por seguranças de bar rende indenização

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a Opinião Bar e Produtora a indenizar um cliente que foi agredido pelos seguranças do local, depois de ser injustamente acusado de furar a fila

Marcelo Moreira

08 de março de 2011 | 16h59

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a Opinião Bar e Produtora a indenizar um cliente que foi agredido pelos seguranças do local, depois de ser injustamente acusado de furar a fila. Segundo o juiz, os seguranças devem ser treinados para enfrentar situações do gênero sem ter que usar a força física e a violência como primeiro recurso. Além disso, a empresa é responsável pelos atos praticados por seus empregados e prepostos, ainda que estes ajam com abuso de suas funções. O consumidor receberá R$ 4 mil.

Mais conteúdo sobre:

indenização