Agência de viagem responde pelos serviços de terceiros

Marcelo Moreira

20 de janeiro de 2010 | 22h47

Quem usar serviço de agência de viagem espera ao contratar que seja assistido em todos os momentos da viagem, principalmente seja informado a cada passo a respeito da etapa seguinte.

Porém, é preciso tomar alguns cuidados para assegurar uma viajem mais tranquila e fiel àquilo que foi prometido pela empresa turística.

Ao comprar um pacote turístico (seja de viagem internacional ou nacional), solicite por escrito o detalhamento do que estiver contratando.

Evite pagar tudo antes da viagem, pois, em caso de problemas, é possível suspender o pagamento. Mas, mesmo tomando tais providências, o consumidor ainda pode enfrentar contratempos durante a viagem.

Quando isso acontece, a agência de viagem, que vendeu o pacote fechado, deve responder pela prestação de serviços defeituosos de terceiros (hotéis, transporte terrestre, aéreo, etc.). Na falta de um acordo, o turista pode recorrer à Justiça para pleitear indenização por eventuais danos materiais e morais sofridos na viagem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.