Agência de turismo é condenada por cobrar mesmo após o cancelamento de pacote

Marcelo Moreira

10 Fevereiro 2010 | 18h26

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) condenou a agência de Viagens CVC
Turismo a indenizar ( R$ 6 mil por danos morais e R$ 1,7 mil por danos materiais) um casal de Cataguases, na Zona da Mata mineira. A empresa cobrou parcelas de pacote turístico mesmo após ter cancelado o serviço de viagem contratado.