Adin dos bancos mais uma vez adiada

crespoangela

05 de maio de 2006 | 20h50

Texto de Maíra Teixeira

Mais uma vez a “Adin dos Bancos”, que vai decidir se os bancos do País devem obedecer o Código de Defesa do Consumidor (CDC), continua sem definição. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) tem como objetivo acabar com o impasse originado pelos bancos que não se sentem na obrigação de obedecer ao CDC nos serviços prestados aos seus correntistas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.