37% dos brasileiros só usam celular

Números do IBGE mostram a importância que o celular adquiriu na vida do brasileiro. Por isso, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor editou uma norma técnica considerando do aparelho como bem essencial

Marcelo Moreira

28 Julho 2010 | 00h29

Lígia Tuon

A importância que o celular adquiriu na vida do brasileiro, e que levou o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) a editar a norma técnica no final de junho considerando do aparelho como bem essencial, foi traduzida em números pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): uma pesquisa mostra que 92% das pessoas têm acesso ao serviço, sendo que 37% só usam a telefonia móvel, dispensando o telefone fixo.

“O setor universalizou o uso do celular e criou incentivos, fazendo com que a população migrasse do serviço fixo para o móvel. O aparelho é vital para o consumidor”, explica a diretora substituta do DPDC Juliana Pereira.

No primeiro semestre de 2009, o Sindec (sistema que integra os Procons do Brasil) registrou 31.675 atendimentos relativos a problemas com dispositivos móveis em todo o País. Esse número saltou para 33.530 no mesmo período deste ano – um aumento de 6%.