Política

Política

Sabatina de Augusto Aras na CCJ do Senado; acompanhe

Subprocurador precisa ter o nome aprovado pela Casa para atuar como Procurador-Geral da República (PGR) pelos próximos dois anos

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para chefiar o Ministério Público Federal (MPF), o subprocurador-geral da República, Augusto Aras, é sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado nesta quarta-feira, 25. Ele precisa ter o nome aprovado pela Casa para comandar o MPF pelos próximos dois anos.

 

Durante a sabatina, Aras afirmou que não será submisso a nenhuma autoridade ou poder, defendeu a Lava Jato, mas disse que a operação possui um modelo "passível de correções" e criticou a lista tríplice da categoria de procuradores, afirmando que o dispositivo "alimenta conduta de clientelismo e toma lá, dá cá". O subprocurador disse ainda que não considera nepotismo a indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada em brasileira em Washington.

 

 

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.