Política

Política

Substituto de Moro toma posse no Ministério da Justiça; acompanhe

André Mendonça, que estava na Advocacia-Geral da União, assume oficialmente o posto que era de Sérgio Moro

O novo ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, toma posse às 15h desta quarta, 29. No governo de Jair Bolsonaro, ele atuou como Advogado-Geral da União e agora substitui Sérgio Moro, que se demitiu na última sexta.

 

Nos 16 meses como AGU, ele se tornou um dos principais conselheiros do presidente. O prestígio garantiu até mesmo uma sala no quarto andar do Palácio do Planalto. O espaço foi criado em março pela frequência com que passou a ser chamado para despachar na Presidência em meio à pandemia do coronavírus. 

 

Para auxiliares de Bolsonaro,  o discreto Mendonça chega para ser a antítese de Moro, o ex-juiz da Lava Jato que tinha status de “estrela” no governo. O presidente também se tranquiliza por não ver no novo ministro da Justiça aspirações políticas.

 

Assista ao vivo:

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 16h25

    29/04/2020

    Encerramos a transmissão da posse do novo ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça.

     

    Obrigado por acompanhar! Fique por dentro do evento e do cotidiano da política nacional no Estadão.

  • 16h12

    29/04/2020

    Sem citar Moro, novo ministro da Justiça se diz 'servo' e chama Bolsonaro de 'profeta'

     

    O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, tomou posse nesta quarta-feira, 29, prometendo uma atuação técnica, se disse um "servo" e fez um discurso elogioso ao presidente Jair Bolsonaro, a quem se referiu como "profeta no combate à criminalidade". Sem citar o antecessor, Sérgio Moro, prometeu aumentar o número de operações da Polícia Federal.  Leia a reportagem.

  • 16h01

    29/04/2020

    Bolsonaro encerra seu discurso. 

  • 15h59

    29/04/2020

    Bolsonaro a Levi, novo AGU, e a Mendonça: "A esses dois jovens ministros, Deus abençoe vocês dois, Brasil, junto com o poder Judiciário e Legislativo, compomos um time de privilegiados pelo Brasil. Acredito em vocês, no Brasil e em Deus. Obrigado."

  • 15h57

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Temos que ter bons profissionais, não excelentes militantes."

  • 15h57

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Prezado Levi, você e o sétimo ministro de 22 que passou pelos colégios militares. Pensando nisso, nosso ministro da Educação, Abraham Weintraub, botou em prática o plano das escola cívico-militares."

  • 15h56

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Respeito o Judiciário. Respeito suas decisões, mas com toda certeza, respeitamos a Constituição. O senhor (Alexandre) Ramagem, que tomaria posse hoje, foi impedido por decisão de um ministro. É uma pessoa que conheci no primeiro dia após o fim do 2º turno. Foi escolhido pela PF do governo anterior como um homem de elite, a altura de ser o chefe da segurança do chefe da Presidência. É uma posição honrada. Queria honrá-lo hoje dando-lhe posse. Esse sonho meu, mais dele, brevemente se concretizará para o bem da nossa PF e do nosso Brasil."

  • 15h54

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Tenho certeza, assim como os demais, formará sua equipe com seu entendimento levando-se em conta os méritos dos integrantes. Uma das posições importantes, que quem nomeia sou eu, é o diretor-geral da Polícia Federal. A PF não persegue ninguém, a não ser bandidos."

  • 15h54

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Hoje entra na Justiça o senhor André Mendonça. É deslocado, sai de uma posição para outra. Pelos aplausos que aqui recebeu, temos certeza que desempenhará muito bem essa sua missão."

  • 15h53

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Mas num time, seus jogadores também se cansam. Uns, o técnica tira, outros, os jogadores pedem para sair. Depositamos confiança. Nosso objetivo é um só, produzir o melhor para nosso povo, dar esperança para o povo"

  • 15h52

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Nosso governo tem uma missão. Seu chefe sonhava em poder mudar o destino da Nação. Assim permaneci no Exército por 15 anos e no Legislativo por 28. Exerci meu papel da maneira que achava que devia fazê-lo, com independência. Consegui uma eleição, assumimos e formamos o nosso sonhado time de ministros. Nenhum presidente que se tem notícia conseguiu fazer o time dos sonhos, eu montei."

  • 15h51

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Assim me comporto e dirijo esta Nação. Não posso admitir que ninguém ouse desrespeitar ou tentar desbotar nossa Constituição."

  • 15h50

    29/04/2020

    Bolsonaro lê o artigo 1º e 2º da Constituição, frisando a independência dos Três Poderes.

  • 15h47

    29/04/2020

    Bolsonaro agradece o fato de André Mendonça ter aceitado o cargo de ministro da AGU em 2019.

  • 15h46

    29/04/2020

    Bolsonaro: "Fui criado no Vale do Ribeira, o André Mendonça também é de lá. Temos um pequeno grande homem de lá. Um cérebro invejável. Depois da Damares (Alves, ministra da Mulher e Direitos Humanos), um terrivelmente evangélico."

Estadão Blue Studio Express

Conteúdo criado em parceria com pequenas e médias empresas. Saiba mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.