1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Volta de Lula é 'hipótese zero', diz Carvalho

TÂNIA MONTEIRO - Agência Estado

29 Abril 2014 | 14h 56

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, reiterou nesta terça-feira, 29, que "não existe" a hipótese de volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto. A referência de Carvalho é relativa à campanha de 2014.

Segundo Carvalho, que foi chefe de gabinete de Lula, o ex-presidente "está muito incomodado com esse processo (movimento ''Volta Lula'')". Depois de ressaltar que "respeita a posição de quem pensa diferente" (em menção a parte do Partido Republicano, que ontem lançou o movimento ''Volta Lula'' no Congresso), o ministro emendou: "Essa hipótese é zero". Para Gilberto, mesmo com as atuais dificuldades econômicas pelas quais passa o País, Dilma é a melhor pessoa para continuar administrando o Brasil.

Gilberto Carvalho fez questão de ressaltar que "o presidente Lula está determinado a dar todo o empenho de sua vida à reeleição da presidente Dilma e a vitória do presidente Lula é a reeleição da presidente Dilma". O ministro da Secretaria-Geral acentuou, ainda, que "da nossa parte, da minha convicção, com certeza ela (Dilma) é nossa candidata e eu espero que esses movimentos não tentem enfraquecer uma proposta que será vitoriosa".

Ao defender a reeleição de Dilma, Gilberto Carvalho afirmou que "este é um governo vitorioso e faz parte de um projeto que está mudando o País". Salientou ainda que "o presidente Lula é mais do que taxativo, ele nunca levantou essa hipótese (de concorrer ao Planalto no lugar de Dilma)". Gilberto destacou, ainda, descartar tal movimento com a convicção "de quem conhece o presidente, de quem conversa com muita frequência com ele". Acrescentou que na semana passada esteve com o ex-presidente "e mais uma vez Lula demonstrou constrangimento e desconforto com esse tipo de proposta ou de opinião que circula".

Na entrevista, concedida no Hospital Sarah Kubitschek, onde participou de reunião do Conselho de Administração das Pioneiras Sociais, Gilberto Carvalho lembrou que "passamos por uma crise econômica no mundo todo, que tem repercussões aqui". Ele reconheceu que "o momento é delicado", mas ressalvou que não há "ninguém melhor que a presidenta Dilma para dar continuidade a essa mudança no País".

Eleições 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo