1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Vídeo com artistas é manipulado, diz campanha de Marina

DAIENE CARDOSO - Estadão Conteúdo

28 Agosto 2014 | 18h 53

As imagens são da campanha presidencial de 2010, quando Marina foi candidata à Presidência pelo PV, e foram reeditados com a vinheta da campanha de 2014

José Patrício/Estadão
"As imagens foram usadas sem o consentimento dos artistas e sem a autorização da coligação", informa a assessoria da ex-senadora

Depois da polêmica envolvendo o vídeo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedindo votos para uma candidata do PT ao Senado por Goiás e que daria a impressão de que o petista estaria apoiando Marina Silva, a campanha presidencial do PSB teve de se manifestar nesta quinta-feira sobre outro vídeo com artistas declarando voto a Marina. A campanha informa que o vídeo com os artistas foi manipulado de forma indevida.

No vídeo de 1 minuto e 18 segundos, os cantores Arnaldo Antunes, Fagner, Maria Betânia, Lenine, e os atores Marcos Palmeira e Wagner Moura, entre outros, declaram sua preferência por Marina Silva. As imagens são da campanha presidencial de 2010, quando Marina foi candidata à Presidência pelo PV, e foram reeditados com a vinheta da campanha de 2014.

Segundo mensagem divulgada no perfil de Marina no Facebook, o vídeo não foi produzido ou divulgado pela atual campanha. "As imagens foram usadas sem o consentimento dos artistas e sem a autorização da coligação", informa a assessoria da ex-senadora.

O presidente nacional do PT, deputado Rui Falcão, anunciou hoje que tomará medidas judiciais e administrativas para retirar do ar um vídeo em que Lula aparece declarando apoio à candidata do PSB à Presidência. A gravação divulgada na internet é uma montagem com base em um depoimento em que Lula pede votos para a deputada federal Marina Sant''Anna. A assessoria de imprensa da campanha de Marina Silva ainda não se posicionou sobre o episódio.

Eleições 2014