1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Vice de tucano será anunciado após convenção

PEDRO VENCESLAU - O Estado de S.Paulo

10 Junho 2014 | 02h 05

O PSDB realizará no sábado a convenção que oficializará a candidatura presidencial de Aécio Neves sem ter definido o nome do seu vice, mas o debate na legenda se afunilou em torno de duas opções regionais. Parte da sigla defende a escolha de um nome do Nordeste, região do País onde a presidente Dilma Rousseff é mais forte, enquanto outro grupo advoga a tese de que o companheiro de chapa do senador deve ser de São Paulo, maior colégio eleitoral do Brasil.

Os mais lembrados são o senador Aloysio Nunes Ferreira (SP) e o ex-senador Tasso Jereissati (CE). A ideia original era que o escolhido fosse aclamado pelos presentes na convenção, que ocorrerá na capital paulista. Mas por causa do nascimento prematuro dos filhos gêmeos de Aécio no sábado passado, todas as negociações foram congeladas.

Os delegados presentes aprovarão um dispositivo delegando à direção executiva da legenda o direito de escolher o candidato a vice na chapa tucana. Aécio cancelou uma série de encontros políticos que teria ontem no Recife. O tema seria discutido com aliados nordestinos que defendem a escolha de um nome da região.

Meia-lua. A convenção está sendo preparada para receber cinco mil delegados. "Só do interior de São Paulo partirão 62 ônibus. Outros 50 sairão de Minas Gerais", afirma João Cury, prefeito de Botucatu e responsável pela mobilização no interior paulista.

O encontro vai dar início a uma estratégia de ação que se divide em dois pilares: subir regionalmente e descer socialmente. Dois vídeos produzidos serão apresentados, um de tom emocional com a biografia do senador e o outro com depoimentos de eleitores tucanos.

  • Tags: