Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

TSE dá cinco dias para Huck, Faustão e Globo se manifestarem em ação movida pelo PT

Petistas consideram que houve campanha eleitoral antecipada durante participação de Huck em programa dominical da emissora

Isadora Peron, O Estado de S. Paulo

01 Fevereiro 2018 | 20h11

O ministro Napoleão Nunes Maia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu prazo de cinco dias para que a Rede Globo e os apresentadores Luciano Huck e Fausto Silva se manifestem sobre a ação movida contra eles pelo PT.

O partido considera que houve campanha eleitoral antecipada durante a participação de Huck no programa dominical da emissora, que foi ao ar em 7 de janeiro.

 

++ Lula tem 37%, Bolsonaro 16%, Marina 8% e Alckmin 6%, diz pesquisa

Durante o Domingão do Faustão, Huck, que é citado como candidato a presidente, falou de política e combate à corrupção.

 

"Entendo que, para melhor e mais ponderada apreciação da situação processual e material que ora se manifesta, cumpre determinar, o que ora faço, sejam as partes Representadas regularmente intimadas para manifestarem-se no prazo de 5 (cinco) dias, querendo-o, conforme entenderem de seu direito ou da defesa de seus interesses", diz o despacho do ministro do TSE.

Apesar de ter declarado que não será candidato, o nome de Huck continua aparecendo nas pesquisas de intenções de voto.

++ Cenário sem Lula na disputa presidencial altera táticas de pré-candidatos

No levantamento do Datafolha divulgado nesta quarta-feira, 31, o apresentador empata com o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, em um cenário sem a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.