1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Testemunha do Riocentro desmente militares na CV

ROBERTA PENNAFORT - Agência Estado

29 Abril 2014 | 13h 57

Testemunha do atentado do Riocentro em 1981, o corretor de imóveis Márcio Pimentel depôs nesta terça-feira, 29, à Comissão da Verdade no Rio. Ele desmontou a versão do então capitão Wilson Machado de que o Puma em que estava com o sargento Guilherme do Rosário explodiu porque uma granada foi jogada por um opositor do regime militar. Pimentel disse à CNV ter sofrido ameaças há três anos, quando quebrou o silêncio que mantinha desde 1981 e também que foi oferecida pelo governo do Rio a possibilidade de ter segurança pessoal por causa disso. "Se queriam matar 27 mil pessoas, podem matar um. Eu não sabia que o crime não estava prescrito e por isso falei. Até hoje tomo cuidados com minha segurança", afirmou Pimentel, que tem 52 anos.

Malhães

O coordenador da Comissão Nacional da Verdade, Pedro Dallari, disse que a CNV não tem posição sobre as circunstâncias da morte do coronel da reserva do Exército Paulo Malhães, na quinta-feira, 24, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Malhães prestou depoimento em março à CNV, confirmando participação em atos de tortura durante a ditadura militar, quando era integrante do Centro do Informação do Exército (CIE). "Não temos uma opinião sobre o que ocorreu. Estamos na expectativa de que sejam apresentadas as conclusões da investigação. O que queremos é que não se afaste a hipótese de que ele tenha morrido em decorrência do depoimento à CNV", disse Dallari. "Não posso prever qual será o desdobramento disso para a comissão", afirmou, sobre a possível recusa de novos depoentes a se apresentar, sob alegação de risco de vida.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo