1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Temer diz que PMDB e Planalto têm boas conversas

RAFAEL MORAES MOURA - Agência Estado

11 Março 2014 | 15h 22

Escalado pela presidente Dilma Rousseff para encontrar uma solução para o impasse da ala rebelde do PMDB na Câmara dos Deputados, o vice-presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira, 11, que o partido e o Palácio do Planalto mantêm "bons diálogos" e "boas conversas" com o objetivo de encontrar uma "pacificação absoluta".

Conforme informou nesta terça-feira o jornal O Estado de S. Paulo, a presidente ofereceu ontem um pacote de apoios do PT ao PMDB em seis Estados nas eleições de outubro, associando a ampliação do espaço dos aliados no primeiro escalão aos acertos estaduais. Segundo relatos, Dilma sinalizou apoio a candidatos peemedebistas no Maranhão, no Pará, em Sergipe, em Alagoas, no Tocantins e na Paraíba.

Só alegrias

Em meio à maior crise de seu governo com a base aliada, a presidente afirmou, em uma rápida entrevista em Viña del Mar, no Chile, que o "PMDB só me dá alegrias".

"A presidente (Dilma Rousseff) foi clara ao dizer que o PMDB só dá alegrias. E só dá alegrias mesmo, apoia o governo, ajuda o governo, de modo que a presidente foi muito explícita em relação à frase que formalizou", afirmou Temer, ao deixar reunião no gabinete da vice-presidência com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).