André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

TCU já analisou outros pedidos de suspeição na análise de processos, diz Nardes

Ministro lembra de caso ocorrido no ano passado, quando o ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró questionou o ministro José Jorge, que analisava a compra de Pasadena

JOÃO VILLAVERDE, O Estado de S. Paulo

05 Outubro 2015 | 15h38

Brasília - O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, relator do processo de análise das contas de 2014 do governo Dilma Rousseff, disse nesta segunda-feira, 5, que a Corte já analisou outros pedidos de suspeição de ministros. "Isso (esses pedidos de suspeição) já aconteceu antes no tribunal", disse Nardes, que citou explicitamente o caso que envolveu o pedido de suspeição do então ministro José Jorge, que foi o relator do processo de análise das perdas geradas pela compra da Refinaria de Pasadena pela Petrobrás.

No julgamento, realizado no ano passado, o advogado do ex-diretor Nestor Cerveró pediu a suspeição de José Jorge. O pedido foi analisado durante o próprio julgamento. José Jorge continuou como relator e o julgamento decorreu normalmente.

Nesse domingo, três ministros anunciaram que o governo entrará com um pedido formal junto ao TCU para que Nardes seja substituído no processo que analisa as contas de 2014. O pedido será baseado na alegação de que Nardes antecipou voto, o que é vedado pela Lei da Magistratura, a qual está submetido.

Mais conteúdo sobre:
TCU contas Dilma Nardes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.