1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Eleições 2014

Taxa de rejeição de Dilma sobe para 43%, diz CNI/Ibope

ANNE WARTH E RICARDO BRITO - Agência Estado

19 Junho 2014 | 10h 37

A taxa de rejeição à presidente Dilma Rousseff (PT) subiu de 38% na semana passada para 43% nesta semana, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada há pouco. O Broadcast considerou como rejeição as declarações dos entrevistados quando questionados em que candidato não votariam de jeito nenhum para presidente da República.

Já a rejeição ao pré-candidato do PSDB Aécio Neves subiu de 18% na última pesquisa para 32%. A taxa de rejeição ao pré-candidato do PSB, Eduardo Campos, subiu de 13% para 33%. As comparações foram feitas com base na edição anterior da pesquisa Ibope, contratada pela União dos Vereadores do Estado de São Paulo (Uvesp) e divulgada em 10 de junho.

A pesquisa da CNI/Ibope foi realizada entre os dias 13 e 15 deste mês, com 2.002 pessoas em 142 municípios. O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Eleições 2014