1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Supremo autoriza viagem de Delcídio para exames médicos em SP

- Atualizado: 25 Fevereiro 2016 | 18h 36

Ao acatar o pedido, Teori determinou que Delcídio apresente, num prazo não superior a cinco dias, a documentação que comprove as recomendações médicas e a razão pela qual os exames devem ser realizados em São Paulo

O senador Delcídio Amaral, preso na Operação Lava Jato
O senador Delcídio Amaral, preso na Operação Lava Jato

Brasília - O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta quinta-feira, 25, a ida do senador Delcídio Amaral (PT-MS) a São Paulo entre esta sexta-feira, 26 de fevereiro, e 7 de março para fazer exames médicos.

O senador saiu da cadeia na última sexta-feira, 19, depois de passar cinco meses preso preventivamente por suspeita de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Na decisão que revogou a prisão do parlamentar, Teori estabeleceu restrições ao petista, como o dever de recolhimento domiciliar no período noturno e a proibição de deixar o País.

A defesa do senador e ex-líder do governo pediu a autorização ao Supremo nesta quinta-feira. Ao acatar o pedido, Teori determinou que Delcídio apresente, num prazo não superior a cinco dias, a documentação que comprove as recomendações médicas e a razão pela qual os exames devem ser realizados em São Paulo.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em PolíticaX