1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Substituição de Ideli atende Eduardo Cunha, diz deputado do PMDB

Eduardo Bresciani - O Estado de S. Paulo

26 Março 2014 | 16h 20

Lúcio Vieira Lima, da ala rebelde da sigla, ironizou a possível troca no ministério feita pela presidente; para ele, Salvatti é 'desafeto' de Cunha

Brasília - O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), da ala rebelde do partido, afirmou nesta quarta-feira, 26, que a provável substituição de Ideli Salvatti por Ricardo Berzoini na Secretaria de Relações Institucionais atende ao líder de seu partido, Eduardo Cunha (RJ), líder do "blocão" de partidos descontentes com o governo federal.

Ele ironiza que se a presidente Dilma Rousseff não se submeteu a bancada nas nomeações de ministério, está atendendo na demissão da ministra Ideli. O Planalto ainda não confirma oficialmente a troca."O Palácio não quis atender o PMDB na nomeação de ministros, mas atendeu na retirada ao tirar uma desafeta do Eduardo Cunha. A saída da Ideli é para agradar ao líder Eduardo Cunha e promover um distensionamento", disse Vieira Lima.

O deputado disse que se Berzoini for confirmado Cunha pode até voltar a frequentar as reuniões de líderes da base. O comandante da bancada do PMDB deixou de comparecer após a bancada decidir que não indicaria mais nomes para o ministério e teria posição independente na Câmara.